Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Arte

Este será o espaço onde irei apresentar alguns dos meus trabalhos feitos em Photoshop, Illustrator, Indesign, Corel Draw e não só...

No passado dia 19 de Janeiro apresentei-vos aqui um dos primeiros trabalhos que fiz através do Illustrator. Com base num tutorial, criei uma personagem de 8-Bit Pixel, mesmo tratando-se de um vector. Como achei o processo de criação muito simples e com um resultado engraçado, quando na altura criei o personagem a quem o batizei de Elvis, resolvi fazer outras personagens e criar uma pequena Campanha dedicada ao Amor. E porque amanha é o Dia dos Namorados, achei por bem reservar o dia de hoje, para apresentar o resultado desse meu trabalho.

 

Quando duas pessoas se amam, por vezes há quem queira colocar vários obstáculos para contrariar esse amor e muitas das vezes acabam por esquecer-se do mais importante. E o importante é realmente o amor! Quando duas pessoas se amam, nada mais tem importância. O que importa se duas pessoas são de classes sociais diferentes? E que importância tem a raça da pessoa ou a aparência? E será que ser homem ou mulher faz diferença? Não! Quando duas pessoas se amam, o importante é (apenas!) o amor e foi por isso que resolvi criar estes três posters. Espero que gostem!!

 

E se dúvidas houvessem, o Amor é das coisas mais bonitas do mundo e por isso, há que respeitar o amor, seja ele de que maneira for…

Esta tarde resolvi dedicar mais algum do meu tempo a seguir os passos de um tutorial do Illustrator. Desta vez o objectivo foi praticar algumas das funcionalidades do Efeito 3D que apesar de não ser nada de especial, com ele até se consegue fazer algumas coisas interessantes, tais como um original vaso de tulipas, que ficaria muito bem no centro da mesa de qualquer um de nós.

 

 

O processo de ciração até foi muito simples e não demorei muito tempo a criar esse belo vaso com tulipas. E para além do 3D, com esse tutorial usei também o Gradient Meshes que é ainda uma funcionalidade que eu não domino por completo mas irei procurar mais tutoriais do género para praticar mais.

 

E como há uns dias atrás já tinha feito algumas flores no Illustrator, resolvi com o mesmo vaso 3D que fiz para as tulipas, dar-lhe uma nova cor e colocar lá dentro essas belas flores coloridas.

 

 

O resultado final ficou bonito, não ficou?!

Ontem enquanto via o jornal da noite, resolvi seguir mais um tutorial da net e assim juntar mais um querido monstrinho à Turma dos Monstros. Há já algum tempo que andava para fazer esse tutorial mas sempre achei que seria incapaz de o fazer. Mas mais uma vez estava enganado. Fui capaz de fazê-lo e cheguei à conclusão de que não foi nada difícil, muito pelo contrário…

 

(ver o tutorial…)

Como por agora eu não me sinto preparado para trabalhar nas minhas próprias ideias, de forma a dar vida aos meus projectos, eu vou entretendo-me a fazer alguns dos muitos tutoriais que se encontram pela net. E hoje, assim de uma só vez, resolvi fazer cinco tutoriais diferentes que deram como resultado, cinco carinhosos monstros. Eu resolvi chama-los da Turma dos Monstros e todos eles foram feitos através do Illustrator e fazê-los foi uma forma de rever toda a matéria que aprendi no curso ao longo destas duas semanas. Nos cinco tutoriais, pratiquei várias funcionalidades do programa e se antes eu demorava imenso tempo a fazer algo do género, desta vez, o processo de criação foi mesmo muito rápido. Vejam agora os resultados:

 

(ver o tutorial…)

 

(ver o tutorial…)

 

(ver o tutorial…)

 

(ver o tutorial…)

 

(ver o tutorial…)

 

Para além de trabalhar no Illustrator para fazer essa turminha de monstros, eu usei ainda o Photoshop para depois dar um efeito especial com texturas diferentes de papel. Eu gostei do resultado e se em breve tiver coragem, vou apresentar a minha própria colecção de monstrinhos.

O truque para dominar os programas que nos ajudam a dar vida a algumas das nossas ideias, é mesmo praticar muitas vezes, repetir vários exercícios para assim conseguirmos fazer as coisas mais facilmente. Eu acho que ainda estou longe de dominar por completo os programas da Adobe que estou a aprender no curso mas confesso que estou a fazer os possíveis para conseguir dominá-los, quem sabe até mesmo de olhos fechados. E como o importante é praticar várias vezes, várias horas, no outro dia resolvi fazer um delicioso Morango com Chocolate no Illustrator. No início, quando vi qual é que teria que ser o resultado final e li algumas partes da receita/tutorial, fiquei um pouco assustado. Achei eu que não seria capaz de fazer aquele morango mas afinal, eu estava enganado! Vejam só o meu morango e digam lá se não tem um aspecto delicioso??

 

(ver o tutorial…)

 

Sim! Tenho que confessar que o resultado final do site parece bem mais apetitoso mas o meu não é nada de se deitar fora! Fazê-lo foi super rápido e um dia desses, acho que vou voltar a repetir essa receita…

No curso, as aulas de Illustrator já começaram há alguns dias e para além de estar a adorar, já aprendi muitas coisas novas. Agora sim! Acho que posso dizer com toda a certeza de que gosto mais do Illustrator do que o Corel Draw. Se bem que, há certos aspectos em que o Corel pode até ser superior ao programa da Adobe mas o ideal é praticar, praticar e praticar em ambos os programas para assim tirar as dúvidas de qual deles é realmente o melhor. E quanto às aulas do curso, até início de Março eu vou ficar com o Illustrator e por isso, até lá ainda irei aprender muitas outras coisas novas.

 

Hoje, para praticar algumas das funcionalidades do Illustrator que já aprendi no curso, resolvi pegar num dos muitos tutoriais que se encontram pela net. Um dos tutoriais foi criar uma flor usando a técnica do Gradient Mesh e confesso que quando comecei a ‘brincar’ com essa funcionalidade, achei ela um pouco estranha e difícil de trabalhar. Mas depois com o tempo, comecei a habituar-me. E nesse mesmo tutorial, usou-se a ferramenta do Blend, onde inicialmente também não percebia nada dela. Mas depois de no curso ter tido aulas sobre essa ferramenta e termos feito alguns exercícios, acho que já posso dizer que domino o Blend. Mas enfim! Ao olhar para o resultado final, eu há uns dias atrás podia afirmar que jamais iria conseguir fazer algo do género mas afinal, até nem foi nada difícil. Ora vejam o que eu consegui fazer:

 

(ver o tutorial…)

 

Para esse tutorial, o site diz que para fazer a flor podemos demorar cerca de uma hora. Confesso que talvez nem demorei assim tanto tempo mas em outros tempos… enfim!

Nunca tive jeito para o desenho. Ou melhor! Se pensar melhor e relembrar alguns momentos da minha adolescência, essa primeira afirmação pode até nem ser correcta. Quando andava na escola e lá tinha a disciplina de Educação Visual, eu até que fazia algumas coisinhas interessantes e tinha sempre boas notas nessa disciplina. Mas depois, quando deixei de ter essa disciplina, deixei de praticar e como entretanto já passaram tantos anos, eu perdi mesmo o jeito. Por isso é que agora digo que eu não tenho jeito nenhum para desenho. E é pena! Gostava de saber desenhar, pois por vezes tenho ideias tão originais na minha cabeça que infelizmente, depois não consigo passar para o papel e nem mesmo para o computador. Por isso, como não sou capaz de pegar num lápis e através de alguns rabiscos fazer uma obra de arte, por vezes, pego em muitos tutoriais que se encontram pela net, para através do programa Illustrator, criar algumas ilustrações interessantes com a ajuda das formas mais básicas. E é uma dessas ilustrações que hoje irei mostrar.

 

Como já aqui disse, só mesmo no ano passado é que comecei a aventurar-me no programa Illustrator. Até lá, eu só ‘brincava’ mesmo com o Photoshop e com o Indesign. No entanto, como sou uma pessoa que não tem receio de aprender, fiz algumas pesquisas pela net e encontrei muitas vídeo aulas, muitos tutoriais e com a ajuda deles, consegui fazer alguns trabalhos. Confesso que por não ter muitos conhecimentos do Illustrator, na altura em que fiz as ilustrações – em meados de Agosto e Setembro – eu demorei algum tempo a fazê-las. Foi difícil mas penso que se hoje resolve-se fazer essas mesmas ilustrações, o processo teria sido bem mais rápido e fácil.

 

Mas agora chega de conversa! Vejam mas é as ilustrações que vêm acompanhadas com os links dos tutoriais, para o caso de alguém tentar fazer igual.

 

Teddy Bear

 

O Panda e a Borboleta

 

O Monstro com Fome

 

Hippo

 

Abóbora do Halloween

 

Jogador de Basquete

Quando há uns tempos atrás inscrevi-me no curso de Design Gráfico e tomei conhecimento de qual os programas que iria estudar aprofundadamente, fiquei a conhecer o programa Illustrator da Adobe. Aliás! Eu já o conhecia há muito tempo e ele até já estava instalado no meu computador há muito, muito mais tempo. No entanto, por achar que esse era o programa ideal para quem sabia desenhar – coisa que não é o meu caso – eu nunca tive curiosidade em conhecer o programa e fazer algumas coisas com ele. Mas isso mudou quando há uns meses atrás inscrevi-me no curso e no tempo em que esperei pelo seu arranque, sozinho fui conhecendo o Illustrator através das muitas vídeo aulas que podemos encontrar na net. Vi muitos tutoriais e apesar de aprender só o básico, comecei a tomar gosto pelo Illustrator. Hoje posso afirmar que esse é um programa que eu adoro e acho que tem muita utilidade. Até mesmo para aquelas pessoas como eu, que não têm jeito nenhum para desenho.

 

Mas todo esse discurso, foi apenas para apresentar um pequeno trabalho que fiz no passado mês de Setembro, quando comecei a dar os primeiros passos no Illustrator. Só o consegui fazer através de um tutorial que segui-o com muita atenção e o resultado final foi este:

 

 

Usando essa mesma técnica do tutorial, mais tarde resolvi fazer uma brincadeirinha mas quanto a isso, vou falar num próximo artigo…